<BODY>
14.6.05



Brasília-ília. Ilha? Pilha! Maravilha...

Se você chegou agora, vamos situá-lo melhor:

Eu viajei pra Brasília no feriado de Tiradentes, pra participar de um congresso, e lá, encontrei o Artista, que é o cara que eu gosto e já conhecia de outro congresso. Ele mora longe de mim, mas a gente se apaixonou e mantém contato por telefone e e-mail.

A saga de Brasília ainda está no primeiro dia, e aqui está:

Brasília -Capítulo 1
Brasília-ília -Capítulo 2
Brasília-ília. Ilha? - Capítulo 3
Brasília-ília.Ilha?Pilha! - Capítulo 4

E graça a deus que esse é o último capítulo do primeiro dia, pois eu não sabia mais de onde tirar coisas que rimassem com Brasília. Daqui a pouco ia ter sopa de ervilha, dançar quadrilha, gosto de filha, roupa maltrapilha...

*********

Depois que descemos do ônibus, eu e ele fomos ligar para nossas respectivas casas. Eu dei oi pra mãe dele, e garanti pra ela que ele tinha se alimentado direito; ele deu oi pra minha mãe, e eu garanti pra ela que ia me comportar direito.

As duas recomendaram: Juízo...

Desligamos os orelhão e fomos ter um Momento-Papo-Sério sobre como é viver longe um do outro. Eu contei pra ele isso aqui, e ele ficou meio chocado.

-Nossa...
-Você me odeia, né? Mas eu tinha de contar.
-Nossa... Como foi isso?
-Ah, sei lá, foi acontecendo, acontecendo, e quando eu notei, aconteceu.
-Mas você se arrepende?
-Hum....(pausa) Não.
-Faria de novo?
-Hum....Talvez. Não sei. Tenho medo de mim mesma.
- Olha... (looooooooonga pausa) Eu fico contente que você ache que eu mereço saber disso. Doeu ouvir, mas eu fico feliz de saber que eu sou digno dessa confiança. Se você não quisesse me contar, eu não ia saber nunca, não é mesmo?
-É. Mas eu tinha de ser honesta. Sei lá o que você ia achar...
- Eu acho que você viveu mais que eu.
- !
- Eu amo TANTO você!
- Ah...

******

Tomar banhinho (água quente, quão boa és!), deitar. Deitar JUNTOS. Ahhhhhh, eu sempre quis brincar de dormir junto.

- E amanhã?
-Amanhã...Será um lindo dia, da mais louca alegria, que se possa imaginaaaaaaar...
-Amanhã é o nosso dia.
-Ei? Artista?
-Hein?
-Sabe o que eu notei?
- Hum?
- Hoje é o fim do nosso primeiro dia em Brasília.
-Nossa! Parece que a minha vida inteira começou hoje, quando você pulou em cima de mim. Parece que faz séculos que a gente anda junto, que eu posso segurar a sua mão... (ele segurou a minha mão) . Parece que a gente sempre se vê, e conversa sobre se vai chover amanhã, e pergunta que horas são.
- *olhinhos piscando de sono*
- Ei, não vai dormir, Menina! Eu tô tão feliz de estar contigo, que quero ficar acordado o máximo de tempo possível...
- Eu tô escutando, tô escutando...Mas é que, mais cedo ou mais tarde, a gente vai ter de dormir. Senão, amanhã ninguém levanta. *Pensamento libidinoso* Ai, desculpa, eu não quis dizer isso...é...
-Hahahaha, que horroooooooor!
- Que horrooooooooooor mesmo, mas eu pensei inconscientemente, eu juro!
- Tudo bem, tudo bem, amanhã TODO MUNDO vai levantar, tá ouvindo?
- *risadas sonolentas* Falta muito pra amanhã?
- Só uma noite.
- Ei...
- ?
- Eiiiiiiiiii...
- ?
-Tu...Tu... colocou tudo o que era necessário na tua mala?
- ???????? Sim, ué. Não sou como você que trouxe trinta Tridents de canela, mas arrumei bem...Aliás, a mamãe ajudou um pouquinho, e...
- ô, chato! Não é disso que eu tô falando! Eu quero perguntar se...se...
- ????
-er...
-????????????

*Meia hora de frescura da minha parte e interrogações da parte dele*

- tu trouxeste...
-O quê, meu Deus?
- Camisinha, pô! Tô falando grego?
-Não precisa falar em negrito também, né?
- Responde logo.
- Trouxe, ÓBVIO!
- Ainda bem, porque...Pera aí: ÓBVIO?
- ÓBVIO!
- Ah, tá dizendo que eu sou óbvia, é? Óbvio é a mãe...
- Hahahahahahahaha.....
- Mas sim, tu se acha a última coca-cola no deserto, né?
- Huahuauahhuauahuhauhauhauhauhauhauhauh....
- Arrasada, eu! Eu sou óbvia.Óbvia! Aposto que o Pará inteiro sabe que a gente vai sumir do evento amanhã. "Pra onde será que eles vão?" "ÓBVIO!"
- hahahahahahHAHAHAHAHAHA...
- Hunf... E o pior é que eu não consigo nem me zangar!
- Meu amor, cá entre nós, a nossa primeira vez até agora foi a única, e foi há QUATRO MESES ATRÁS...
- Seu óbvio. Hunf.
- Não fica zangada, ô...
- Não tô zangada, não, tô é achando graça. Homens...
- Mulheres! Preferia ter que ir comprar na farmácia, é?
- Não, ué. (pausa. Bocejo) Ei, me diz uma coisa?
- Quê?
- Isso aqui é verdade? A gente tá deitado junto, em Brasília, e aquilo lá fora é a Lua cheia?
- Crescente.
- Que seja.
- È verdade. E eu também acho que é um sonho, sabe? Inacreditável, a gente estar junto, vencendo meio Brasil, pra se ver de novo. E ao mesmo tempo que parece um sonho, eu sei que é verdade, e por isso eu tenho vontade de te apertar mais forte. Gritar pra todo mundo que eu tô absurdamente feliz. E...ei...Dormiu?
- Xgrofsshhuakjjsmhum....

Fim do primeiro dia de Brasília...


Menina Prodígio se aventurou aqui às 9:04 PM


----------------------

Comments: Postar um comentário

Este é o blog de alguém que tem vinte e um anos, gosta de ler, gosta de que sua vida seja um livro aberto e gosta de gostar. E falta um ano pra receber um canudo.

Todo dia uma aventura nova. Toda semana uma odisséia. De vez em quando uma atualização


Gostos:

*Cheiro de Fanta Morango* *Sabor de hortelã* *Lençol acetinado* *Violão* *Bolero* *Lua cheia* *Teatro* *Bossa Nova* *Clube da Esquina* *Massagem com óleo Johnson's* *Conjectura de Poincaré* *Beijo no pescoço* *Abacaxi geladinho* *Falar sem parar*



Aventuras em grupo


Sotaques, um blog globalizado
O melhor blog da Internet Galáctica

Blogs

Licor de Marula com flocos de milho açucarados
Alma em Punho
Apostos
appothekaryum
\o/Bloggette
Balde de Gelo
Blog de papel
Cala a boca, que eu tô falando!
Catarro
Oh, Bravo Figaro!
Cartas Curtas
O Coyote é Físico teórico! [E tem cara de artista]
Cumequié?
Copy and Paste
Drops da Fal
Não gostou? Vem me pegar!
Mau humor, mentiras e fé patológica
Mad Tea Party
Pensar Enlouquece, pense nisso.
Blog de Gestão
Gravataí Merengue
Caryorker
O biscoito fino e a massa
John Doe - Juventude, sobriedade e poesia
Jesus, me chicoteia!
Louca por blog? É a mãe! A margarida Inventada
Marmota, mais dos mesmos...
Megeras Magérrimas
Não discuto, por Ticcia Antoniette
Nóvoa em folha
Luabella e suas fases
Liberal, Libertário, Libertino
poliCARPE DI EMili
O estupendo Poeta Matemático [Trinomial e o escambau]
Menina Mateira que não posta nunca
Madame Mean

Sites

Cocadaboa
Malvados
Omelete
Embarque


Frase que fez clique

"Brilhar pra sempre,
brilhar como um farol,
brilhar com brilho eterno,
gente é pra brilhar,
que tudo mais vá pro inferno,
este é o meu slogan
e o do sol."
Wladimir Maiakóvski
Fonte: Anvörg


Arquivos


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Powered by Blogger