<BODY>
9.11.05

Colagens Descoladas - Desarmamento

Olha só, fala sério velho. (...)Eu não vou votar não por motivos pessoais. Vc nunca teve uma arma apontada pra cabeça não é? Eu já, cinco vezes...

Uma dessas vezes foi um bandido daqueles que querem te assaltar. Ele viu que eu tinha três reais na carteira e me liberou. Ele era um bandido gente fina do tipo que cê convida pra sua festa de aniversário. Existem bandidos e bandidos...

Outras três vezes foram PM's. Nenhum macho nunca passou a mão no seu saco, passou? E algum já enfiou o dedo por dentro da tua cueca? Algum macho já te deu um tapa no pé da orelha com uma arma apontada na sua cabeça? Já fizeram isso comigo, três vezes. Uma das vezes o PM deixou a arma cair no chão. Era uma doze, estava carregada e (graças a Deus) não estava engatilhada. Senão, quem sabe?

Na outra vez foi um cidadão de bem, com arma legal, que colocou uma arma na minha cabeça e quase atirou pra eu dizer onde é que tava a filha dele que tinha fugido de casa. Eu não disse (porque não sabia) e ele não atirou porque a empregada apareceu na hora. Vc já viu a morte de perto? Eu já... Vc já viu, por dentro do cano o brilho do projétil pronto pra te acertar? Eu já... Vc já olhou nos olhos de uma pessoa que estava pronta pra te matar a qualquer momento por causa de um motivo banal? Eu já... Vc já viu um 38 sendo engatilhado na sua cara e vc sem poder fazer nada pra salvar a sua vida? Eu já... O pior que foi um cidadão de bem que quase fez isso comigo...

Aqui na Ceilândia Norte eu conheço gente de todo tipo, bandido, ladrão, puta, crente, viado, PM, músico e até alguns universitários. Não entregaria uma arma a nenhuma dessas pessoas. Quantas pessoas mortas vc já viu em sua vida? Eu já vi centenas, muitas delas por facas, outras por overdose, outras por linchamento, espancamento e todos os tipos de morte que vc pode imaginar. Pelo menos 60% delas tinham armas de fogo envolvidas...

Quantos amigos deficientes físicos vc tem? Quantos deles são bandidos e quantos são mocinhos, de acordo com sua concepção? Cê imagina sinceramente nunca mais poder jogar bola, fazer sexo (nem mesmo bater punheta) e fazer a maior parte das coisas que vc faz por que alguem julgou que vc era bandido? De acordo com o julgamento da polícia talvez eu tivesse morrido três vezes, já que PM nunca para cidadão de bem, não é mesmo? Cê acha que eu sou bandido, francamente, meu camarada? Eu tenho dois amigos assim. Um tomou um tiro na espinha, o PM atirou primeiro e perguntou depois. Ele era irmão de bandido, mas nunca foi bandido. O outro é de nascença mesmo... Tenho um amigo cego também. Bandidos cegaram ele pra se vingar do pai. Ele tinha sete anos. Um dos bandidos era policial civil. Em nenhum desses crimes qualquer pessoa foi condenada, sequer presa...

Temos de combater a injustiça, meu velho, antes que os cidadãos de bem façam justiça com suas próprias mãos, não é mesmo? Não sei se o desarmamento ajuda de alguma forma, mas eu garanto que não atrapalha. Pede pra alguém colocar uma arma na tua cara e tu vai entender do que eu tô falando...

Falou...

**********************

Outra colagem seguida, mas isso eu tava devendo faz tempo. Vocês lembram quando eu falei que não conseguia decidir se ia votar SIM ou NÃO na pinóia do referendo das armas? Não lembram? Bando de desmemoriados, vão tomar Biotônico e relembrem aqui.

Mas sim, eu estava dizendo que não conseguia decidir se ia votar sim ou não, e tudo isso. E foi aí que, no dia 21 de outubro, sexta-feira antes do referendo, este rapaz mandou este e-mail pra lista de e-mails nacional da qual nós participamos. E foi ele que me fez lembrar que eu acredito em um mundo melhor, acredito no fim da violência, acredito que all we need is love, e morro de vontade de dar uma chance à paz, e foi por causa desse e-mail que no dia 23 de outubro eu levantei a minha mão sedenta e recomecei a andar. Porque eu ainda acredito desesperadamente que uma coisa pequena que a gente faz pode mudar o mundo, SIM. Eu acredito SIM. E eu vou continuar fazendo isso, SIM.

Eu ia votar três na eleição. Votei 2, votei no sim. Perdi, perdemos. E nessa vitória do não, todo o Brasil perdeu muito. Perdeu a fé no Estado, no ser humano. Perdeu a certeza que viver sem guerra é bom. Perdeu a coragem de mudar algo e preferiu deixar do jeito que tava antes. Perdeu a oportunidade de fazer uma campanha esclarecedora e cidadã, que se ativesse a mostrar os fatos.
O Brasil perdeu no referendo.

**************

Esse e-mail foi escrito pelo Ulisses, uma das pessoas que eu mais tive prazer de conhecer nas viagens que fiz por aí. Obrigada, Poeta-de-Brasília,por permitir que eu colocasse seu desabafo aqui.
Menino-Matemático, espero te ver mais vezes, sem precisar ir em Cuiabá ou Brasília pra que isso aconteça.

E oh, sim, você faz parte da minha vida e deste blog também.


Menina Prodígio se aventurou aqui às 12:44 PM


----------------------

Comments: Postar um comentário

Este é o blog de alguém que tem vinte e um anos, gosta de ler, gosta de que sua vida seja um livro aberto e gosta de gostar. E falta um ano pra receber um canudo.

Todo dia uma aventura nova. Toda semana uma odisséia. De vez em quando uma atualização


Gostos:

*Cheiro de Fanta Morango* *Sabor de hortelã* *Lençol acetinado* *Violão* *Bolero* *Lua cheia* *Teatro* *Bossa Nova* *Clube da Esquina* *Massagem com óleo Johnson's* *Conjectura de Poincaré* *Beijo no pescoço* *Abacaxi geladinho* *Falar sem parar*



Aventuras em grupo


Sotaques, um blog globalizado
O melhor blog da Internet Galáctica

Blogs

Licor de Marula com flocos de milho açucarados
Alma em Punho
Apostos
appothekaryum
\o/Bloggette
Balde de Gelo
Blog de papel
Cala a boca, que eu tô falando!
Catarro
Oh, Bravo Figaro!
Cartas Curtas
O Coyote é Físico teórico! [E tem cara de artista]
Cumequié?
Copy and Paste
Drops da Fal
Não gostou? Vem me pegar!
Mau humor, mentiras e fé patológica
Mad Tea Party
Pensar Enlouquece, pense nisso.
Blog de Gestão
Gravataí Merengue
Caryorker
O biscoito fino e a massa
John Doe - Juventude, sobriedade e poesia
Jesus, me chicoteia!
Louca por blog? É a mãe! A margarida Inventada
Marmota, mais dos mesmos...
Megeras Magérrimas
Não discuto, por Ticcia Antoniette
Nóvoa em folha
Luabella e suas fases
Liberal, Libertário, Libertino
poliCARPE DI EMili
O estupendo Poeta Matemático [Trinomial e o escambau]
Menina Mateira que não posta nunca
Madame Mean

Sites

Cocadaboa
Malvados
Omelete
Embarque


Frase que fez clique

"Brilhar pra sempre,
brilhar como um farol,
brilhar com brilho eterno,
gente é pra brilhar,
que tudo mais vá pro inferno,
este é o meu slogan
e o do sol."
Wladimir Maiakóvski
Fonte: Anvörg


Arquivos


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Powered by Blogger