<BODY>
7.11.05

A minha felicidade está brilhando nos olhos da minha namorada

Sexta

*Jogando boliche com a turma*

- Ei, olha o nome da nossa equipe: Equipe Bota-Fora...
- Credo, Menina, chato ficar lembrando que ele vai embora. Pensa nisso depois.
- Mas não é tristeza por que ele vai embora. É alegria por ele ter vindo.
- *ele suspira fundo e olha pra mim* Eu não quero ir embora. *balança a cabeça* Mas que bom que eu vim! Como é que joga a bola?

*Subindo as escadas de casa às duas da manhã*

- Menina?
- Ahn...Xgrofbuhfardiw...
- Você consegue andar dormindo?
- Só quando eu tenho um namorado bacana pra me segurar...

*Abrindo a porta de casa*

- Égua da noite perfeita. É tão bom me aproximar dos seus amigos, sentir que além de você tem mais pessoas em Manaus que gostam de mim.
- Noite perfeita, mesmo. *bocejo*
- Vá dormir, vá. (sorriso maliciooooooso) Afinal, você precisa de muita energia pra encarar o dia de amanhã.
- (Sorriso cúmplice) É, vai ser um dia cheio...

Sábado

*Indo ao teatro*

- Tô com fome.
- Eu também.
- Antes da peça, a gente come pastel. Lá tem pastel até de churrasco!
- NOSSA! (Fica pensativo) Tem de tucumã? (sorriso guloso)

*Saindo do teatro*

- Que peça...cansativa.
- Eu dormi várias vezes.
- Todo mundo era apaixonado por todo mundo! Todo mundo matava todo mundo!
- Eu acho que o bebê que foi morto na primeira cena vai voltar com duas metralhadoras na mão e matar quem sobrou no palco!
- uHAUHAUHAUHAUHAUAUHA!
- AUHAUAHUAHUAHUAHAUHAUHAU!
- UAHUAHAUHAUHAUHAUAUHAUUHA!

*Descendo perto de casa*

- E agora, pra onde vamos?
- Hum...Tem o motel caro, impessoal, perto de casa, e o barato, aconchegante, longe de casa.
- Vamos pro barato, então?
- (eu torcendo o nariz)
- Que foi, não gosta de lá?
- Gosto, cê sabe que é meu lugar favorito, mas...Ir pro centro às onze da noite é muito arriscado...
- (Dando de ombros) A cidade é sua, você faz o que quiser...Desde que seja comigo!
- (Rindo) Vamos pro caro, a gente anda cinco minutinhos e chega lá.

*Na porta do motel caro*

- Essa rampa não termina nunca?
- Sabe como é, quase ninguém entra a pé nessa categoria de estabelecimento...
- Será que vão barrar a gente por estar a pé?
- Meu dinheiro é igual ao dos outros.
- Ei, aquilo é uma criança?
- Tem uma criança olhando da janela...
- Se você morasse do lado de um motel, faria o quê?
- Comprava uma luneta!
- UAHAUHAUHAUHAUHAUH
- UAHUAHUAHUAHUAHUAHUA
- Essa rampa não acaba não?

(au, au. auauauauaau. auuuuuuuu)

- Ué, tem um cachorro latindo na casa vizinha.
- Foram as nossas risadas.

(auauauauauauauauauauuuuuuuuu)

- Tá muito perto esse uivo, né não?
- Tá ficando mais próximo....

(arf, arf, auuu, grrrrrrrrrrrrrrrrrrr)

- ÉGUA, TEM UM DOBERMAN SOLTO AQUI!

(AU AUAUAUAUAU AUUUUUAU AUUAU GRRRRRRRRRROARRRR)

*Menina-prodígio correndo pra dentro da garagem do primeiro quarto que viu na frente*
*Menina-prodígio encurralada na garagem, vendo o cachorro se aproximar latindo raivosamente em sua direção*

- Menina, NÃO CORRE! FICA PARADA! (Voz de namorado preocupado) Ei, alguém ajuda aqui!

*Menina-prodígio cogitando a possibilidade de ficar sem um pedaço da perna*
*Cogitando também a possibilidade de invadir o quarto, estando ocupado ou não*
*Doberman monstruosamente grande cheirando o umbigo de Menina-Prodígio*
*Dona do motel se aproximando segurando um MATA-MOSCAS*

-Xô, Sultão! Ô Fulano, vai prender o Sultão, vai!

*Doberman levando uma mata-moscada*
*Menina-Prodígio tremendo mais que agulha de sismógrafo*

- Minha senhora, não deixe esse cachorro solto, pelo amor de Deus...
- Ele não faz nada, uai. Nunca atacou ninguém daqui.
- Mas eu não sou daqui... Meu Deus, que susto horrível...
- Fica calma, uai. Já passou, uai. Olha, vocês tem de fazer um depósito de $$$$$.

*Casal desprovido de recursos engolindo em seco*

- Ô, não tem um quarto mais barato?
- O quarto custa $$,senhor, mas tem de fazer um depósito de $$$$$, em caso de consumo...
- A gente não vai consumir nada não. Nadinha, nadica de nada, necas.
- HUm, então o senhor deposita $$$$, uai.
- Tá... (Ele vira pra mim) Eu dou metade, e você metade?
- pode ser... Meu Deus, que susto horrível... Quanto é?
- Eu pago $$, você paga $$.
- Tá...Er...Er...Amor, eu tô tremendo tanto que não consigo abrir minha bolsa. Pega a carteira aqui.
- Certo...Qual é o quarto?
- O primeiro à esquerda.
- Olha, exatamente o que eu usei pra me esconder!

*Dentro do quarto*

- Meu Deus, que fria!
-...
- É esse o tratamento dispensado àqueles que não vêm de carro, viu só?
-...
- Você ainda tá tremendo?
-...
- Respira, se acalma. Vamos ver... Olha, têm um cardápio. Vamos ler o cardápio...
- ahahahahahah! Ler?
- ÉGUA, a água custa dois reais? (Continuando a ler) O que é almoço executivo?
- Meu pai dizia que Manaus é a cidade do almoço executivo. O cara passa na frente de um colégio, convida uma estudante, traz ela pra cá, crau, almoça, toma banho e volta a trabalhar.
- Esse cardápio tem MUITO erro de digitação...Imagina, switch ao invés de suíte...
- E quem lê cardápio de motel, hein?
- NÓS DOIS! hahahahahahahahaha!
- hahahahaa!
- Cara...Roubar uma toalha custa 30 reais, um lençol, setenta e cinco... É pra desestimular a milenar prática do roubo motelístico?
- Ou pra matar o ladrão de vergonha na portaria.
- Menina, quero te perguntar uma coisa.
- Pergunta.
- Passou o susto do cachorro?
- Passou! HAHAHAAHAH!
- AUAHUAHAUHAUHA! Então vem cá!

*interlúdio*

- Nossa...
- Nossa. *suspiro* Ufff...
- Sabe do melhor?
- O quê?
- Ainda são meia noite e meia...Vai?
- Vaaai, claro que vai.

*Novo interlúdio*

- Ei, que horas são?
- Duas e quinze.
- Papai do céu gosta muito de mim, viu? O tempo não está passando.
- Vai?
- Vaaai, claro que vai.

*Mais um interlúdio*

- Que horas cê quer chegar em casa?
- Quatro. Que horas são?
- Três e quinze.
- Vai?
- Vaaai, claro que vai.

*breve interlúdio *

- (Eu penteando o cabelo) Que horas são?
- Quatro e cinco.
- Vamos chegar na horinha em casa.
- Amanhã é meu último dia aqui. Vai?
- Vaaai, claro que vai. Mas SÓ AMANHÃ, PELO AMOR DE DEUS!
- HAUAUAUAHAUHAUHAUHA
-HAHAHAHAHAHAHAHAHAHHA

*Abrindo a porta*

- Ei, será que o cachorro vem de novo perseguir a gente?
- Grrrr, eles são pé-rapados, não têm carro! grrrrr...
- HAUAHUAHAUHAUHAUHAH!
- hahahahaha!!

*Mulher da portaria devolvendo $$$ pra nós*

- Eu não falei, que a gente não ia consumir nada?
- Nadinha.
-Nadica de nada.
-Necas.
- HAHAHAHAHAHAAH!
-HAHAUAHAUHAUHAUHA!

******************************

Juro pra vocês, é tudo verdade.
Ele já está na cidade dele, sem a menor previsão de quando vamos nos ver novamente. Mas com certeza que isso vai acontecer. Vai, vaaai, claro que vai!

*Menina-Prodígio triste-feliz*


Menina Prodígio se aventurou aqui às 11:48 AM


----------------------

Comments: Postar um comentário

Este é o blog de alguém que tem vinte e um anos, gosta de ler, gosta de que sua vida seja um livro aberto e gosta de gostar. E falta um ano pra receber um canudo.

Todo dia uma aventura nova. Toda semana uma odisséia. De vez em quando uma atualização


Gostos:

*Cheiro de Fanta Morango* *Sabor de hortelã* *Lençol acetinado* *Violão* *Bolero* *Lua cheia* *Teatro* *Bossa Nova* *Clube da Esquina* *Massagem com óleo Johnson's* *Conjectura de Poincaré* *Beijo no pescoço* *Abacaxi geladinho* *Falar sem parar*



Aventuras em grupo


Sotaques, um blog globalizado
O melhor blog da Internet Galáctica

Blogs

Licor de Marula com flocos de milho açucarados
Alma em Punho
Apostos
appothekaryum
\o/Bloggette
Balde de Gelo
Blog de papel
Cala a boca, que eu tô falando!
Catarro
Oh, Bravo Figaro!
Cartas Curtas
O Coyote é Físico teórico! [E tem cara de artista]
Cumequié?
Copy and Paste
Drops da Fal
Não gostou? Vem me pegar!
Mau humor, mentiras e fé patológica
Mad Tea Party
Pensar Enlouquece, pense nisso.
Blog de Gestão
Gravataí Merengue
Caryorker
O biscoito fino e a massa
John Doe - Juventude, sobriedade e poesia
Jesus, me chicoteia!
Louca por blog? É a mãe! A margarida Inventada
Marmota, mais dos mesmos...
Megeras Magérrimas
Não discuto, por Ticcia Antoniette
Nóvoa em folha
Luabella e suas fases
Liberal, Libertário, Libertino
poliCARPE DI EMili
O estupendo Poeta Matemático [Trinomial e o escambau]
Menina Mateira que não posta nunca
Madame Mean

Sites

Cocadaboa
Malvados
Omelete
Embarque


Frase que fez clique

"Brilhar pra sempre,
brilhar como um farol,
brilhar com brilho eterno,
gente é pra brilhar,
que tudo mais vá pro inferno,
este é o meu slogan
e o do sol."
Wladimir Maiakóvski
Fonte: Anvörg


Arquivos


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Powered by Blogger