<BODY>
15.1.06

Interrompendo Brasília só pra desabafar rapidinho

Bem, esse post vai ser deletado assim que a raiva passar.

Sabe quando você ama muito, muito muito mesmo, uma pessoa?

E quando você vê que essa pessoa que você ama muito está andando com gentinha? Gentinha, da pior espécie, gente burra, metida a besta, tapada, venal, superficial, fútil, preconceituosa, de mau-gosto, cafona, idiota, burra mais uma vez, sem talento, sem brilho, quiçá sem um dos hemisférios cerebrais, sem noção do espaço que ocupa, sem semancol, sem cultura geral ("Tv do Plim-PLim? É um modelo novo?" SIM, SIM, SIM, EU TIVE DE ESCUTAR ISSO!Um símbolo conhecido quase que de forma inata, que TODO MUNDO SABE O QUE É, a gentinha não sabe), sem um pingo de noção do perigo, insinuando que eu sou "pseudo-qualquercoisa-óide", talvez por saber o que significa Plim-Plim, ou que Colônia é uma cidade alemã, ou que a malária é uma doença pouco pesquisada por ser doença de país pobre, ou por eu usar óculos, ou por eu SABER que verbos da primeira conjugação, no futuro do presente, têm desinência ÃO ("Pedrinho e Paulinho estaram(SIC) em Manaus no mês de agosto." SIM, SIM, SIM.). Pela segunda vez, as gentinhas (gentinha vem em bando) me defenestraram, na frente que uma pessoa que eu amo muito, muito, muito.

Eu pensei em sentir pena da pessoa que eu amo muito. Eu pensei em sentir pena do desagradável trio de gentinhas.

Mas eu não acho que Pena seja algo negativo de se sentir. Pena demonstra que você se compadece da tristeza do outro.

Dessas gentinhas, eu tenho é nojo. Muito nojo.

E uma coisa me entristeceu: ver que o amor que eu sentia sofreu um forte abalo, quando a pessoa concordou em me chamar de "pseudo-qualquercoisa-óide". E riu, como se fosse um texto do Pedro Bloch.


Ver o respeito ir pelo ralo é muito, muito triste.


Eu falei que ia deletar quando a raiva passasse...Mas aí pensei: se eu deletar, quem comentou vai perder seu comentário, não?

Então, o post fica aí mesmo. Riscado, pra deixar bem claro que minha raiva passou. Eu estou feliz porque fiz amigos novos, tomei chuva grossa, visitei o Teatro Amazonas com guia, a mamãe fez salada de frutas (e ao invés de leite condensado, botou champanha, ficou ÓTIMA!), participei de uma oficina de teatro, tive conversas ótimas pelo msn, meu médico disse que estou saudável.

Estou feliz pois decidi tocar adiante, sendo ou não pseudo-qualquercoisa. Pois, se eu for isso mesmo, quem tem que achar errado e corrigir sou eu, ninguém mais.

E, a todos os que comentaram, obrigada. Cada um me ensinou mais um pouco, e aprender SEMPRE vale a pena.

Estou mesmo feliz, a raiva passou. Beijo grande a todos, amanhã tem mais Brasília.


Menina Prodígio se aventurou aqui às 3:45 AM


----------------------

Comments: Postar um comentário

Este é o blog de alguém que tem vinte e um anos, gosta de ler, gosta de que sua vida seja um livro aberto e gosta de gostar. E falta um ano pra receber um canudo.

Todo dia uma aventura nova. Toda semana uma odisséia. De vez em quando uma atualização


Gostos:

*Cheiro de Fanta Morango* *Sabor de hortelã* *Lençol acetinado* *Violão* *Bolero* *Lua cheia* *Teatro* *Bossa Nova* *Clube da Esquina* *Massagem com óleo Johnson's* *Conjectura de Poincaré* *Beijo no pescoço* *Abacaxi geladinho* *Falar sem parar*



Aventuras em grupo


Sotaques, um blog globalizado
O melhor blog da Internet Galáctica

Blogs

Licor de Marula com flocos de milho açucarados
Alma em Punho
Apostos
appothekaryum
\o/Bloggette
Balde de Gelo
Blog de papel
Cala a boca, que eu tô falando!
Catarro
Oh, Bravo Figaro!
Cartas Curtas
O Coyote é Físico teórico! [E tem cara de artista]
Cumequié?
Copy and Paste
Drops da Fal
Não gostou? Vem me pegar!
Mau humor, mentiras e fé patológica
Mad Tea Party
Pensar Enlouquece, pense nisso.
Blog de Gestão
Gravataí Merengue
Caryorker
O biscoito fino e a massa
John Doe - Juventude, sobriedade e poesia
Jesus, me chicoteia!
Louca por blog? É a mãe! A margarida Inventada
Marmota, mais dos mesmos...
Megeras Magérrimas
Não discuto, por Ticcia Antoniette
Nóvoa em folha
Luabella e suas fases
Liberal, Libertário, Libertino
poliCARPE DI EMili
O estupendo Poeta Matemático [Trinomial e o escambau]
Menina Mateira que não posta nunca
Madame Mean

Sites

Cocadaboa
Malvados
Omelete
Embarque


Frase que fez clique

"Brilhar pra sempre,
brilhar como um farol,
brilhar com brilho eterno,
gente é pra brilhar,
que tudo mais vá pro inferno,
este é o meu slogan
e o do sol."
Wladimir Maiakóvski
Fonte: Anvörg


Arquivos


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Powered by Blogger