<BODY>
1.1.07

Hoje é um novo dia

Bati TODOS os recordes. Quase dois meses sem postar NESTE blog.

A culpa é toda do meu provedor. Minha conexão em casa é discada, e o número do meu lindo provedor recusava-se a colaborar. Como eu só posso blogar em casa, fiquei sem blogar.

Mas hoje, instalei outra conexão dial-up, e o meu lindo provedor funciona novamente!

Meu deus, eu fiz tanta tanta tanta coisa.

Entre as muitas coisas que fiz, fiz cartões de Natal e mandei por correio pra um monte de gente. Quem tiver recebido, por favor, me dê um toque, estou nervosa com o serviço dos correios.

[Ó, sim, sim. Eu sou uma pessoa louca que FAZ cartões de natal artesanais e escreve à mão e envia pelo correio. Quase tive cinco ataques cardíacos nesse processo todo, que envolveu muita cola, tesoura e idas ao correio...mas não quero mais saber de outra vida. Decidi até que vou fazer os cartões de aniversário nesse ano de 2007...]

E eu fiz também uma análise das minhas resoluções de ano novo. Pra saber o que eu tinha e o que não tinha realizado em 2006... Vou relembrá-los das minhas resoluções: aqui.

Continuei tentando ver cada dia como um milagre. Não consegui isso todo dia, mas os milagres de pôr do sol com passarinhos continuam - e o trabalho melhorou MUITO, MUITO, MUITO. Estou feliz.

O rapaz moreno veio várias vezes a Manaus me ver.Momentos de paraíso no primeiro semestre. Tivemos crises sérias, onda após onda. Maremotos. Tsunamis. Momentos de pesadelo no segundo semestre. Sobrevivemos. Estamos mais sérios, mais adultos e menos estouvados, é certo. Também estamos mais pobres com nossos gastos em telefone, é certo. Estamos com cicatrizes.

Estamos juntos. Temos um abismo pela frente. Temos fé e planos. Temos amor.
Vai dar tudo certo. Sou feliz de estar escrevendo sobre ele mais uma vez.


Realmente, 2006 foi um ano de esperar e semear. Acho que fiz razoavelmente bem as duas coisas.

Eu revi pessoas de quem havia me afastado. Com atitudes tolas e possessivas, afastei de mim pessoas legais. Decidi me afastar de pessoas que me faziam mal. Doeu. Mas valeu.

Realmente, comprei mais presentes. Não escrevi nada das cartas que planejei, foram pouquinhas. Com minha máquina, bati TONELADAS DE FOTOS e arranjei problemas: como classificá-las? Como comprar cd's suficientes para fazer backup? Como renomear trezentas fotos de um fim de semana?

Li alguns livros, muitos e-books. Nem cheguei na metade da minha meta de um livro por semana. E continuo com alergia a livros técnicos. Não preciso de tarô para ver nuvens negras sobre minha monografia em 2007.

Não saí pra dançar nem dez vezes durante o ano INTEIRO! A meta de fazer aulas de dança continua.

Brinquei com crianças, várias vezes. E a fé anda mais forte que nunca, obrigada.

"...começar a me preparar pra ser mãe". Bem, eu consegui falar menos palavrão. Mas peguei um vício muito feio: ao invés de chamar o palavrão que eu penso [m*rda, po**a, cara**o, pu*a*m*rda], falo "cacete". Realçando bem: "CÁ-CÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ-TE..." E aparentemente, um cacete é mais chocante que um caralho... :D

Eu ri muito. Chorei muito também. Fiquei mais descontraída, mas não consegui controlar meus impulsos de possessividade. Estive envolvida com várias causas, sendo uma primordial: o grupo de teatro tem que virar ONG.

Fui muito Menina, o ano todo. Muito mais Menina que Prodígio, graças a Deus. :D

Escrevi pouco, pouco. Os planos de um livro continuam adormecidos... Mas estão se remexendo na cama.

Acreditei MUITO mais nos outros. Foi ótimo. Tive respostas lindas.
Acreditei POUCO em mim. Bem feito, me lasquei bonito por isso.

Acreditei loucamente na vida. Fui na fé, ladeira abaixo e sem freio. Mas com o vento sempre batendo no rosto.

Amei as pessoas, amei o mundo, amei a humanidade. Esqueci de mim diversas vezes.

2006: sofri, ri, sobrevivi, cresci. Acabou feliz.

*********

Esse foi o balanço de 2006.

E as metas de 2007?

*Menina Prodígio sorri e canta*

Adeus, blog velho,
Feliz BLOG NOVO,
que eu escreva bastante
no blog que você vai ler!
Assina o RSS
E não vai se arrepender!


Menina Prodígio se aventurou aqui às 9:47 PM


----------------------

Comments:
dating a grown child [url=http://freeinternetdating.info/meet/meet-and-greet-autographs]meet and greet autographs[/url] free online dating pics
im dating my cousin http://freeinternetdating.info/marriage/plant-city-florida-marriage-support are there any free dating sites
who is dating ty murray [url=http://freeinternetdating.info/socialnetwork/brown-retro-myspace-layout]arizona dating on line[/url] dating blogs for 2010
 
Postar um comentário

Este é o blog de alguém que tem vinte e um anos, gosta de ler, gosta de que sua vida seja um livro aberto e gosta de gostar. E falta um ano pra receber um canudo.

Todo dia uma aventura nova. Toda semana uma odisséia. De vez em quando uma atualização


Gostos:

*Cheiro de Fanta Morango* *Sabor de hortelã* *Lençol acetinado* *Violão* *Bolero* *Lua cheia* *Teatro* *Bossa Nova* *Clube da Esquina* *Massagem com óleo Johnson's* *Conjectura de Poincaré* *Beijo no pescoço* *Abacaxi geladinho* *Falar sem parar*



Aventuras em grupo


Sotaques, um blog globalizado
O melhor blog da Internet Galáctica

Blogs

Licor de Marula com flocos de milho açucarados
Alma em Punho
Apostos
appothekaryum
\o/Bloggette
Balde de Gelo
Blog de papel
Cala a boca, que eu tô falando!
Catarro
Oh, Bravo Figaro!
Cartas Curtas
O Coyote é Físico teórico! [E tem cara de artista]
Cumequié?
Copy and Paste
Drops da Fal
Não gostou? Vem me pegar!
Mau humor, mentiras e fé patológica
Mad Tea Party
Pensar Enlouquece, pense nisso.
Blog de Gestão
Gravataí Merengue
Caryorker
O biscoito fino e a massa
John Doe - Juventude, sobriedade e poesia
Jesus, me chicoteia!
Louca por blog? É a mãe! A margarida Inventada
Marmota, mais dos mesmos...
Megeras Magérrimas
Não discuto, por Ticcia Antoniette
Nóvoa em folha
Luabella e suas fases
Liberal, Libertário, Libertino
poliCARPE DI EMili
O estupendo Poeta Matemático [Trinomial e o escambau]
Menina Mateira que não posta nunca
Madame Mean

Sites

Cocadaboa
Malvados
Omelete
Embarque


Frase que fez clique

"Brilhar pra sempre,
brilhar como um farol,
brilhar com brilho eterno,
gente é pra brilhar,
que tudo mais vá pro inferno,
este é o meu slogan
e o do sol."
Wladimir Maiakóvski
Fonte: Anvörg


Arquivos


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Powered by Blogger